Que o carnaval é um dos eventos mais esperados e populares do Brasil, não há duvidas. Mas qual é a sua opinião sobre o uso de verba pública aplicada em tais festas, enquanto o país passa por necessidades em diversas outras áreas? Essa é uma questão que, ultimamente, mais do que nunca, tem divido a opinião dos brasileiros e até mesmo de especialistas.

Nos últimos anos, em muitos lugares ao redor do Brasil, os investimentos nas festas carnavalescas foram cortados e redistribuídos para outras áreas de necessidade maior, entre elas, principalmente, segurança e saúde.

Segundo um portal de notícias do Sul do país, o NotiSul, a prefeitura de Barra Velha, uma cidade do litoral de Santa Catarina, decidiu cancelar a programação de carnaval, que estava prevista de 1 a 4 de março. O anúncio do cancelamento foi feito nesta terça-feira (19), pelo prefeito de Barra Velha, Valter Marino Zimmermann.

No comunicado em questão, ele justificou que o principal motivo do cancelamento do evento é porque os servidores estão empenhados no atendimento à população atingida pelas enchentes causadas pelas fortes chuvas da última semana. “Nesse momento a prioridade é recuperar as áreas atingidas e dar o apoio necessário às famílias”, diz o comunicado. O presidente da fundação de turismo, Daniel Pontes da Cunha, explica que o município foi fortemente afetado e a prioridade são as obras de recuperação da cidade.

ESTADO DE EMERGÊNCIA

Com cerca de mil pessoas desabrigadas e aproximadamente 60 desalojadas, Barra Velha decretou estado de emergência na manhã desta segunda-feira, 18. A decisão foi tomada após reunião do Membros do Grupo de Respostas e Ações Coordenadas (GRAC).

Segundo registros da Defesa Civil, nas últimas 72 horas choveu 260 milímetros, o maior volume registrado desde 2011. A previsão é de que a chuva moderada continue pelas próximas duas horas. Pessoas em situação de emergência devem ligar no número 199.

“Após levantamento dos prejuízos públicos e particulares, o órgão (Defesa Civil) buscará recursos junto ao Governo Federal para a recuperação das áreas atingidas”, informou nota da Prefeitura.

A Defesa Civil informou que todos os bairros foram atingidos e que ainda não foi possível calcular o número exato de ruas atingidas. Outros estragos seguem sendo calculados pelo poder público.

Você é a favor ou contra a atitude da prefeitura de Barra Velha, em Santa Catarina?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here