A maior caverna subaquática do Texas é conhecida por engolir pessoas inteiras, e também fornece uma fonte quase ininterrupta de água por milhares de anos. Muitas pessoas visitam o Texas Hill Country apenas para ver o poço de Jacob, apesar do fato de ter reivindicado uma série de vidas.

Conhecido como um dos pontos de mergulho mais perigosos do planeta, Jacob’s Well é verdadeiramente incrível. As pessoas não têm intenção de descer para as cavernas. É muito divertido simplesmente pular das rochas ao redor e cair na água limpa do poço.

Quando você entra, parece que você vai cair em um buraco sem fim, já que a abertura de quase 4 metros do poço de Jacob se esconde sob a superfície da água.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Se você descer o poço, existem numerosas câmaras em várias profundidades. A primeira câmara está localizada a 10 metros do topo do poço e também continua a outros 17 metros abaixo.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

As coisas mudam quando você alcança a segunda câmara, localizada a 20 metros abaixo da superfície.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Aqui os mergulhadores devem estar cientes de uma certa entrada que parece estar fora da câmara, essa saída ‘falsa’ encurralou e matou pelo menos um mergulhador. A terceira câmara pode ser alcançada através de uma abertura localizada na segunda câmara.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Poucos tiveram a coragem de se aventurar dentro da quarta câmara, que inclui adentrar através de uma passagem muito estreita.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Os que visitam o lugar relatam vistas deslumbrantes, incluindo formações calcárias incomparáveis ​​embalados por toda parte.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Houve um tempo em que você não podia entrar no Poço de Jacob porque produzia 170 litros de água por segundo, tornando impossível entrar. Dorothy Wimberley Kerbow se lembra de uns 70 anos atrás, quando seu pai a jogou no poço. Ela só mergulhou cerca de 2 metros abaixo da superfície antes de voltar sob a força da água.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

Agora que é possível entrar no poço, muitos mergulhadores inexperientes se aventuram até as câmaras. Infelizmente, pelo menos 8 morreram durante suas explorações. Jacob foi descoberto pela primeira vez em 1850 pelos primeiros colonos que ficaram muito felizes com a visão do poço e toda a sua água azul perfeita. Hoje o poço ainda é desfrutado por muitos e permanece cheio de história.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

A quantidade de água liberada por Jacob’s Well foi reduzida ano após ano, permitindo que os mergulhadores alcancem novas profundidades e descobertas, ao mesmo tempo em que apresenta um problema.

Em 2000, e novamente em 2008, a água do poço de Jacob parou de fluir completamente, alertando moradores e conservacionistas de que algo precisava ser feito. Ninguém quer que o famoso poço se transforme na “Caverna de Jacob”.

Na esperança de preservar Jacob para as futuras gerações, um homem generoso criou a The Watershed Association. O trabalho desta associação é difundir a consciência e proteger o Jacob dos danos não naturais.

Foto: Reprodução/Powerful Mind.

E você, teria coragem de pular?

Fonte: PowerfulMind

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here