As árvores são, sem dúvidas, uma parte essencial da natureza e na vida do nosso planeta. Além de serem nossa principal fonte de oxigênio, elas também nos ajudam a conservar a vida no planeta, além de nos proporcionar muitos outros benefícios.

Apesar de todos os benefícios, uma parcela dos seres humanos parecem estar se dedicando cada vez mais a acabar com a flora do nosso meio ambiente, colocando todos em uma situação alarmante e, para lutar contra isso, muitas pessoas têm se dedicado a proteger a vida delas em todo o mundo.

Na cidade de São Francisco Xavier, interior do estado de São Paulo, tivemos um exemplo claro que ainda há pessoas que queiram fazer a diferença no mundo de maneira positiva. Esse é o caso do Antonio Vicente, um homem que começou a plantar arvores há mais de 40 anos e agora pode viver dentro da sua própria selva.

Quando Antônio era jovem, ele tinha o grande desejo de comprar um terreno a cerca de 200km de São Paulo simplesmente para plantar árvores. É claro que todos os seus amigos, vizinhos e parentes o chamavam de louco e constantemente lhe diziam que ele nunca poderia comer o fruto dessas sementes, já que as plantas levariam cerca de 20 anos até darem seus primeiros frutos. Porém sem dar atenção aos comentários negativos, ele decidiu simplesmente seguir seus planos.

Em 1973, Antônio finalmente conseguiu comprar suas terras! Criado numa família de camponeses, desde pequeno ele se preocupava com a expansão dos campos agrícolas, já que isso acabava destruindo as floresta e toda a vida que existe nelas. Além disso, a falta de árvores acabou afetando seriamente alguns recursos hídricos.

Durante sua infância, Antônio presenciou por diversas vezes os camponeses cortarem cada vez um número maior de árvores, o que afetava diretamente no ecossistema da de toda a região, inclusive no “abastecimento” de água das minas naturais. As florestas são muito importantes para conservar a água porque absorvem e retêm grandes quantidades de água nas suas raízes, para não mencionar que, graças a elas, o solo não sofre erosão.

Quando ele tinha 14 anos, mudou-se para a cidade para começar a trabalhar como ferreiro.

Ao levantar dinheiro suficiente, ele decidiu comprar 30 hectares em uma região montanhosa baixa, na cidade de São Francisco Xavier, que tem 5.000 habitantes.

Ao investir todo seu dinheiro no terreno, Antônio acabou ficando sem condições de bancar suas despesas diárias e, acredite, começou a passar algumas noites debaixo de uma árvore imensa. Ele usava o rio para se banhar e vivia rodeado por diversos animais.

Com o terreno em mãos e querendo fazer crescer a vida da natureza na região, ele decidiu plantar sementes de diferentes árvores, frutíferas ou não, que hoje se tornaram grandes árvores, onde cada uma delas acabaram formando uma floresta tropical. Hoje, em seu terreno, existem mais de 50.000 árvores.

Atualmente, Antonio continua morando neste lugar, levando a vida que sempre sonhou: a Terra dá a ele tudo o que precisa, fica longe da poluição da cidade e se declara totalmente feliz: “Há tucanos, todos os tipos de pássaros, um grande roedor chamado apaca, esquilos, lagartos, gambás e até os javalis estão retornando.”

Veja abaixo uma reportagem do Balanço Geral, no Youtube, onde é contada um pouco mais dessa história:

 

O que você acha da ação desse homem? Você acha que é uma boa maneira de devolver à Terra tudo o que ela nos oferece?

2 COMENTÁRIOS

  1. Sr.Vicente PARABENS por sua história belissima e de vital importância para a vida do planêta,e muitissimo obrigado por tudo que o Sr. fez e ainda esta fazendo por esta pequena mais impotantissima floresta,não tenho condições de ir aí lhe conhecer pessoalmente mas aceite um grande abraço, e minha admiração e respeito pelo senhor!

  2. Maravilha! Adorei a história, parabenizo pela dedicação e agradeço o grande legado positivo que construiu para a floresta e para o Brasil. Já é um grande exemplo para mim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here